www.aeel.org.br home | fale conosco
 

Estatuto
Ficha de Inscrição
Informes AEEL
Informes Unergia
Acordos
Normas Eletrobras ACT
Você!
Saúde e Vida
Eventos
Galeria de Imagens
Jogos
Notícias
Processos Judiciais
Sistema Eletrobrás
Eletros
Link's Úteis
Balanço
Fale com a Aeel
Como Votar?
Eleições 2017


 

ÁREA RESTRITA

Para ter acesso ao sistema preencha os campos baixo:





 

 

Esqueci a senha

 


  Notícias
  A justiça da Holanda aceitou o pedido da OSX Leasing, subsidiária da OSX Brasil, e suspendeu, a partir desta quinta-feira, o pagamento das obrigações referentes às plataformas fixas (Wellhead Platforms) WHP-1 e WHP-2. Segundo a empresa brasileira, o pedido foi feito considerando medidas tomadas por um credor e para evitar que "determinadas atitudes isoladas alcancem eventuais vantagens indevidas, impedindo a adoção de tratamento isonômico na reestruturação de suas dívidas". Com a decisão do tribunal holandês, fica assegurada "a continuidade da empresa", enquanto busca solução adequada com seus credores.


BTG Pactual adquire todas as ações da Ariel Re

O banco BTG Pactual assinou todos os documentos para a compra da totalidade das ações das subsidiárias da empresa Ariel Re Holdings, controlada pela Global Atlantic Financial Group. A conclusão da transação ainda está sujeita a aprovações regulatórias, incluindo a do Banco Central (BC). A Ariel é uma companhia internacional de resseguros de danos, especializada em resseguros de catástrofe para propriedades e baseada em Londres e Bermuda.
Furnas sai do complexo eólico de Aracati

Furnas, subsidiária da Eletrobras, publicou o edital para venda da participação de 49% no Completo Aracati de energia eólica, localizado no Ceará. A alienação acontecerá em 8 de agosto, em sessão na BM&FBovespa, com preço mínimo de R$ 50,42 milhões (ou R$ 1,49 por ação). A Alupar, sócia de Furnas no empreendimento, precisará participar do leilão se quiser levar as ações restantes. O complexo é composto por cinco centrais eólicas reunidas em áreas próximas. Os empreendimentos fizeram parte de um leilão de geração realizado em 2011, para início do funcionamento em 5 anos a partir da data do certame. As outorgas de autorização para os empreendimentos foram formalizadas pela Aneel, e as centrais estão em fase de construção.


Klabin capta US$ 500 mi com títulos de 10 anos

A Klabin vendeu US$ 500 milhões em títulos da dívida com vencimento em 10 anos no mercado internacional, com juro nominal (cupom) de 5,25% pago semestralmente. Os títulos foram listados na Bolsa de Luxemburgo. Os recursos serão utilizados para financiar as atividades da Klabin e de suas subsidiárias, "sempre dentro do curso normal de seus negócios e atendendo os respectivos objetos sociais".


Samsung investiga alegação de trabalho infantil

A Samsung está investigando uma alegação de que um fornecedor no sul da China usou trabalho infantil. O grupo de ativistas dos Estados Unidos China Labor Watch divulgou um relatório alegando que a Dongguan Shinyang Electronic, uma fornecedora de capas e peças para telefones móveis, empregou trabalho infantil em suas linhas de montagem. A alegação do grupo surge depois que a Samsung disse em um relatório anual de sustentabilidade, em 30 de junho, que uma auditoria externa de 100 fornecedores na China não encontrou casos de trabalho infantil. A companhia disse ter conduzido uma "auditoria minuciosa" na Dongguan Shinyang, em março de 2013, seguida de uma inspeção de terceiros em agosto e outra no mês passado. Nenhum caso de trabalho infantil foi encontrado durante estas auditorias. O China Labor Watch, no entanto, disse ter encontrado "ao menos cinco crianças trabalhando" sem contratos no fornecedor em questão.


Tribunal da UE mantém multa da Telefónica

A mais alta instância da Justiça da União Européia confirmou decisão para que a operadora espanhola Telefónica pague multa de 152 milhões de euros imposta pela Comissão Europeia pelo abuso de sua posição dominante no mercado espanhol de banda larga. A Telefónica entrou com um recurso junto ao Tribunal de Justiça da União Europeia contra a decisão do Tribunal Geral. Na decisão, o Tribunal rejeitou o recurso da Telefónica inteiramente. A multa de 151.875.000 euros, imposta pela Comissão Européia e mantida pelo Tribunal Geral da União Européia, permanece assim inalterada.


Gol firma acordo para combustível renovável

A Gol Linhas Aéreas fechou um acordo com a Amyris - companhia americana de biotecnologia que tem uma usina em Brotas, no interior paulista - para utilizar o combustível de aviação renováveis farnesane. O novo produto responderá por até 10% do combustível usado nas aeronaves do modelo Boeing 737 que viajam entre o Brasil e os Estados Unidos, a partir deste mês.
  Fonte: http://www.monitormercantil.com.br/
  Data de Publicação: 11/07/2014
 
 

Associação dos Empregados da Eletrobras - Telefone /fax: (21) 3553-3501 / (21) 3553-3502
Copyright 2018 - Todos os direitos reservados a AEEL

Desenvolvido por AMANDY SOFTWARE