www.aeel.org.br home | fale conosco
 

Estatuto
Ficha de Inscrição
Informes AEEL
Informes Unergia
Acordos
Normas Eletrobras ACT
Você!
Saúde e Vida
Eventos
Galeria de Imagens
Jogos
Notícias
Processos Judiciais
Sistema Eletrobrás
Eletros
Link's Úteis
Balanço
Fale com a Aeel
Como Votar?
Eleições 2017


 

ÁREA RESTRITA

Para ter acesso ao sistema preencha os campos baixo:





 

 

Esqueci a senha

 


  Notícias
  A Comissão de Valores Mobiliários autorizou o Santander Brasil a realizar uma oferta pública voluntária para permuta de units e ações para sair do nível 2 de governança corporativa da BM&FBovespa. Na operação, a instituição trocará as ações e units por certificados de brazilian depositary receipts (BDRs, recibos de ação de empresas estrangeiras negociados no mercado brasileiro), que representarão as ações ordinárias do Santander Espanha. O lançamento da oferta está sujeito ao registro de permuta por meio de prospecto em inglês nos termos da SEC.


BR Properties antecipa resgate de debêntures

A empresa de imóveis comerciais BR Properties fará no dia 16 o resgate antecipado facultativo das debêntures em circulação referentes à segunda emissão da companhia, realizada em 2012, no valor de R$ 500 milhões. O valor a ser pago aos titulares é equivalente ao saldo devedor do valor nominal dos papéis em circulação, acrescido de remuneração e prêmio incidente sobre o valor do resgate correspondente a 0,05%. As debêntures que não estiverem custodiadas junto à Cetip terão os pagamentos feitos pelo Bradesco.


Heineken venderá operações tchecas

A Heineken está em negociações para venda de suas operações tchecas à Molson Coors, segundo um jornal tcheco, citando fontes do setor não identificadas. As conversas já são uma realidade, mesmo que não esteja certo no que elas irão resultar, disse uma das duas fonte ao jornal Lidove Noviny. Um porta-voz da Heineken se recusou a comentar. O porta-voz da Staropramen, segunda maior cervejaria do país e de propriedade da Molson Coors, não estava disponível para comentar. A Plzensky Prazdroj, da SABMiller, é a líder do mercado tcheco, à frente da Molson Coors.


Reguladores da UE aprovam compra da Holcim

Reguladores antitruste da União Européia aprovaram a proposta de aquisição feita pela cimenteira mexicana Cemex para as unidades espanholas da rival suíça Holcim, dizendo que o acordo não reduzirá a concorrência na Espanha. A Comissão Européia começou uma investigação em abril, por preocupações de que a aquisição poderia limitar a concorrência e também facilitar o conluio ilegal entre produtoras de cimento na Espanha. A investigação mostrou que esse não é o caso, absolvendo as companhias de terem de fazer concessões. A Holcim e a rival francesa Lafarge estão agora em conversas informais com a Comissão Européia sobre a planejada fusão das duas companhias para criar a maior cimenteira do mundo.


Braskem, Amyris e Michelin juntas no isopreno

A petroquímica Braskem vai se juntar à parceria já estabelecida entre a Amyris e a Michelin para desenvolver e comercializar isopreno renovável, utilizado na fabricação de pneus e outras aplicações de borracha. As companhias irão trabalhar em conjunto no desenvolvimento de uma tecnologia para utilizar açúcares de plantas, como os da cana de açúcar e de fontes de celulose, para produzir isopreno renovável. A Amyris vai dividir seus direitos de comercializar a tecnologia de isopreno renovável desenvolvida sob sua colaboração com a Braskem. A Michelin manterá certo acesso preferencial, mas não exclusivo, ao isopreno renovável a ser produzido com a tecnologia. O valor do acordo não foi divulgado pelas companhias.


Aneel autoriza aumento nas tarifas da Celg-D

A diretoria da Aneel aprovou reajuste médio de 21,64% nas tarifas de energia da distribuidora Celg, de Goiás, a ser aplicado a partir de 12 de setembro. Para os clientes que recebem energia em baixa tensão, como as residências, o reajuste será de 19,85%, enquanto os de alta tensão, como as indústrias, pagarão 24,97% a mais. No fim do mês passado, o Conselho de Administração da Eletrobras aprovou a aquisição do controle da empresa goiana. A operação, que envolve a aquisição de 51% das ações ordinárias da Celg por cerca de R$ 59,5 milhões, ainda precisa ser ratificada em Assembléia Geral de Acionistas da Eletrobras, já marcada para o dia 26 de setembro.
  Fonte: http://www.monitormercantil.com.br/
  Data de Publicação: 09/09/2014
 
 

Associação dos Empregados da Eletrobras - Telefone /fax: (21) 3553-3501 / (21) 3553-3502
Copyright 2018 - Todos os direitos reservados a AEEL

Desenvolvido por AMANDY SOFTWARE