www.aeel.org.br home | fale conosco
 

Estatuto
Ficha de Inscrição
Informes AEEL
Informes Unergia
Acordos
Normas Eletrobras ACT
Você!
Saúde e Vida
Eventos
Galeria de Imagens
Jogos
Notícias
Processos Judiciais
Sistema Eletrobrás
Eletros
Link's Úteis
Balanço
Fale com a Aeel
Como Votar?
Eleições 2017


 

ÁREA RESTRITA

Para ter acesso ao sistema preencha os campos baixo:





 

 

Esqueci a senha

 


  Notícias
  O Governo Federal ampliou de R$ 800 milhões para R$ 1,9 bilhão o valor das contratações envolvendo operações de crédito destinados ao saneamento econômico e financeiro das empresas estatais de energia elétrica. A medida, anunciada na semana passada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), foi publicada no Diário Oficial da União de hoje, em resolução do Banco Central. Por meio dela, a autoridade monetária pretende facilitar a reestruturação de dívidas dessas empresas.

A decisão foi motivada pela aquisição da Companhia Energética de Goiás (Celg) pela Eletrobras. No caso da Celg Distribuidora, foi feito um acordo com a Eletrobras e com o estado de Goiás de venda do controle da companhia.

- Para a Eletrobras adquirir a Celg, foi necessário que a empresa mudasse seu perfil de dívida - explicou Aílton Madureira, coordenador-geral de Investimento Público do Tesouro Nacional, durante o anúncio das medidas.

Assim, uma estatal do setor poderá alterar o perfil da sua dívida, negociando o pagamento em um prazo maior ou trocando o perfil de juros, de uma dívida com juros mais caros para uma com níveis mais baratos. Apesar de motivada pela negociação entre Celg e Eletrobras, a medida vale para as demais estatais de energia elétrica.
  Fonte: http://www.monitormercantil.com.br/
  Data de Publicação: 01/09/2014
 
 

Associação dos Empregados da Eletrobras - Telefone /fax: (21) 3553-3501 / (21) 3553-3502
Copyright 2018 - Todos os direitos reservados a AEEL

Desenvolvido por AMANDY SOFTWARE